O Caminho da Fé – 1º dia

Olá Pessoal, tudo bom?

Decidi adiantar o caminho da fé e fui viajar dia 21/01 e iniciei as pedaladas dia 22/01 as 06hrs da manha! Porem no segundo dia tive uma pequena distenção muscular na coxa o que me impediu de terminar a viajem.

Acredito que um grande erro que cometi foi não alongar direito por causa da pressa, pois o pessoal da pousada atrasou para acordar e acabei ficando preso até as 07hrs e como ja tinha alongado para sair as 06hrs fiz apenas um leve aqueciemento pra ir embora logo…

1º dia – sai de São Paulo as 13:30 horas e cheguei as 17:45 horas em Águas da Prata (pra quem não sabe em águas da prata é “fabricado” a água da marca PRATA), logo atras da rodoviária fica a pousada do peregrino, la fiz minha credencial de peregrino e passei a noite. No mesmo dia fomos (eu e mais 2 peregrinos) jantar numa churracaria, o pequeno detalhe é que o pessoal da churrascaria buscou a gente pra jantar e depois deixou a gente na pousada tudo por R$11,00, inclusive muito boa a a comida!

2º dia e 1º de caminhada.

Esse dia foi apenas “sofrimento” nunca peguei tanta subida na minha vida!!! T trajeto começa com 14km até o Pico do Gavião esse pedaço é formado por 70% de subida, e sim, tem gaviões no caminho! após isso eu descobri que nem todas descidas são boas principalmente quando se tem uma bicleta e pedras no caminho!!! hehehe mas tudo bem fui devagarzinho pra não cair e cheguei em Andradas! Para entra em qualquer cidade tem uma bela descida e pra sair um pessima subida. Porem após Andradas vem a Serra dos Lima o qual pra entrar na cidade realmente você sobe a SERRA!!!!! o pior trecho dela não e tão grande deve ter um ou dois km… porem nunca vi nada tão ingreme, só subindo para sentir o esforço! Ao chegar no topo aprendi que o “pertim” de um mineiro realmente é longe! Iria parar para almoçar na Pousada da Dona Natalina e tive a informação de um senhor que estava “pertim” só 1,5km, porem andei 4km para chegar!!!!!

Almoçei, com R$10,00, uma bela comidinha caseira e mineira aproveitei para descansar um pouco e parti para Barra. Como dito anteriormente para sair da cidade um subida e para entrar em Barra um descida, a descida tinha trechos bons e outros com muitos buracos e pedras mas consegui descer praticamente tudo pedalando.

Entrando em Barras tive meu primeiro imprevisto a corrente estourou a sorte que estava a 50 metros da pousada, alias a “cidade” toda é formada por 3 ruas! na verdade é um triangulo com uma Igreja no meio!!! fiquei uns 30minutos aprendendo arrumar mas por fim consegui!! Apesar disso foi onde mais me diverti, fiquei horas andando a cavalo com o filho dos donos da Pousada e aprendi muito sobre cavalo com Jerry um “peregrino”, alias ele foi apenas passear com seus cavalos e iria voltar no dia seguinte.

Novamente jantei por apenas R$10,00 uma otima comidinha mineira!!!

Pessoal esse foi mei primeiro dia de pedalada .. amanha irei contar meu segundo e ultimo dia!!!! hehehe e postarei as fotos!!!

Obrigado

Christian Ferreira

Anúncios
Esse post foi publicado em Caminho da Fé e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para O Caminho da Fé – 1º dia

  1. Sandro Max disse:

    Parabens broder, pois é , sabe quando voce postou que iria levar um saca corrente eu pensei”é exagero e peso adicional”, mas pensei, deixa ele, e não é que vc tinha razão!!!!! Li em outro blog, de um carra de fez a Cordilheira dos Andes e o unico problema que ele teve foi com a corrente, depois disto ele comprou uma corrente melhor e continiou a viajem, cara, parabens, quero ver as fotos!!!!

    • Christian Ferreira disse:

      Quando estava montando a mala também estava preocupado com peso adicional, acho que todo ciclista tem um certo receio de peso!!! Eu não ia levar um extrator de corrente, justamente porque não tenho um, mas um dia antes da viagem estava conversando com um amigo que ja fez o caminho da fé e outras viagens e me emprestou. Ele mesmo achou que não aconteceria nada, mas caso fosse acontecer seria com a corrente. Agora estou procurando um pra comprar pra limpar e regular novamente a bicicleta. Outra coisa que também não iria levar era blusa de frio e foi extremamente util, pois de manhã até umas 09:30 o vento é bem frio, isso quando esta de bicicleta por causa da velocidade. Mesmo fazendo muito esforço não sentia muito calor, a blusa ela não esquenta só mantém a temperatura do corpo, eu sei que é meio obvio mas na hora do exercicio a gente percebe que a blusa é diferente, realmente feita para pratica esportiva!

  2. Onofre disse:

    É pela 1ª vez valeu, o esforço, o negocio é treino e persistência, continue, com o tempo vc. tira de letra. este caminho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s