Serra da Cantareira

Boa noite!!! Um pouco de cicloturismo em São Paulo!!!

Faz tempo que não posto aqui, pois estou vontando a pedalar vagarosamente…

Hoje vou contar um passeio na Serra da Cantareira. Uma ou duas semanas antes de tentar fazer o caminho da fé completo, fui conhecer a Serra da Cantareira (zona norte de SP).

“A Serra da Cantareira é uma serra brasileira localizada ao norte da cidade de São Paulo, com 64.800 hectares de área. Abrange os municípios de São Paulo, Guarulhos, Mairiporã e Caieiras, separados pela Serra da Pirucaia. Sua encosta sul pertence ao Parque Estadual da Cantareira, reserva possuidora de 7.916 hectares – o equivalente a 8 mil campos de futebol. Apresenta também normas rígidas de preservação da mata atlântica nativa, portando poucas trilhas. Já na face norte, em Mairiporã, encontram-se diversos bairros nobres, condomínios de alto padrão e estradas e trilhas destinadas à pratica de Mountain Bike”. FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_da_Cantareira

Para todos que querem fazer um passei diferente, tranquilo, com muita natureza, Vá conhecer o Horto e as trilhas na Serra, para o ciclista a única noticia ruim é que não pode andar de bicicleta, deve procurar o local correto que possua trilhas pra bike!!

As trilhas ficam agrupadas por nucleos, no meu caso fui conhecer o nucleo da Pedra Grande, la tem a trilha do Bugio, Lago das Carpas (o lago não possui carpas, pois lá habita uma lontra que as devorou!!!), da Bica, Fiqueira e a Pedra Grande. Porem dentro do nucleo você consegue caminha até outros nucleos, portante podendo conhecer outras trilhas como das aguas clara (não continuei o caminho pois o tempo estava fechando e não queria pegar chuva) fui um pouco depois do da pedra grande. A pedra grande um imirante de SP!

Para quem mora na zona oeste o cominho até lá é bem tranquilo, possui apenas duas subidas chatinhas, uma é na entrada da Av. Santa Inés, porem curta (um ou dois quarteirões) e o ultimo quarteirão para ir a entrada do nucleo da pedra grande.

Chegando lá, paguei R$5,00 de entrada e deixei a bicicleta portaria. Logo na entrada você irá encontrar sanitario, uma fontizinha, uma sala onde possui animais empalhados e um pouco da historia da serra, de cara tem a trilha da Bica, além disso existe o Paulo, um senhor que pelo seu conhecimento trabalha lá a muitos anos e ajuda a cuidas das trilhas e uma mulher que fica la para recepcionar as pessoas.

Mapa:

Vale lembrar que o caminho é em terreno asfaltado, (menos nas trilhas) e longas subidas, recomendo um pouco de preparação fisica, pois vi algumas pessoas “sofrendo” um pouco para chegar na pedra grande, inclusive um pessoal desistindo.

ahhh, quase ia esquecendo.. La é sempre bom observar o movimento nas arvores, Vi os bugios (macacos) e uma familia de de uns 15 quatis!!

Agora um pouquinho das fotos!!!

Anúncios
Publicado em Cicloturismo São Paulo | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

O Caminho da Fé – 2º e último dia!!!

Boa tarde!!!

Continuando o Caminho da Fé!

Acordei logo cedo pois planejava sair ao nascer do sol (com o dia claro, pois no dia anterior quando sai ainda estava escuro e para quem está de bicileta é horrivel enxergar as setas, pois “elas passam” com mais velocidade!) pretendia fazer um trajeto mais longo pois no final do terceiro dia queria para em Luminosa (de Luminosa até Campos do Jordão há uma subida de aproximadamente 17km), porem tive um pequeno imprevisto, ninguém da pousada acordou comigo, mas tudo bem, troquei-me com calma arrumei a mala novamente de forma estrategica deixando as coisas, que precisaria usar na viagem, facil para serem pegas, alonguei e nisso clareou o dia e ninguem levantava…. pulei o muro da pousada e fui ate um orelhao para tentar ligar pro dono, pois eu não sabia onde eles dormiam até que finalmente após uns 30 mim eles levantaram. Nesse momento tive meu terceiro e pior imprevisto, como estava com pressa sai sem tomar café e principalmente sem me realongar!!!!!!!!!!!!!! e segui para Crisólia. Nó caminho começei sentir um musculo da coxa responder de forma estranha, parei para alongar mas já era tarde. Com o pedalar iniciou uma dor que no inicio me impedia de pegar subidas fortes pedalando. Ao chegar em Crisólia (após uma hora de pedal) parei no bar da Zeta para tomar café da manhã, antes de sair passei protetor solar e aluguei, conforme ia conquistando km por km a dor ia aumentando, nada muito forte porem constante, passei por ouro fino, em inconfidentes, ao terminar a cidade, ia parar em um pousada para carimbar, (em Águas da Prata ganhei ((alias, comprei)) um pafleto que deve ser carimbado nas cidades e em Aperica ele é trocado por um certificado) nisso percebi que tinha perdido o papel. Nesse momento, praticamente não havia forma de não sentir dor, a não ser que eu seguisse o caminho andando. Foi ai que larguei o caminho da fé e continuei pela estrada e assim seguiram meus ultimos + ou – 20km nesse momento percibi que não conseguiria mais continuar, meu rendimento pela estrada estava baixissimo, pois nesses 20km parei umas 10 vezes e se estivesse bem pararia uma ou duas vezes. Após milhões de pensamentos preferi obtar por me prevenir um pouco, apesar do caminha ser um pouco sofrido não queria torna-lo infernal. Fui direto para rodoviaria comprei a passagem de volta, aproveitei que tinha duas horas para pegar o onibus fui para uma pousada tomei um banho, almoçei, descansei um pouco e voltei!!!

E nada como Home, Sweet Home (lar, doce lar).. cheguei em casa e dormi muitoooo, no dia seguinte continuei cochilando o dia todo.. achei que a noite não dormiria e voltei a dormir muito bem!!! hehehehehe realmente foi bem cansativo, mas fantástico. Agora tenho mais vontade de continuar minhas cicloviagens!!!

Dados:

1º dia:

Distância: 53.240m

Velocidade Máxima: 37,8km/h

Velocidade Media 8,6km/h

Tempo de pedal: 5:55hrs

2º dia:

Distância: 52.512m

Velocidade Máxima: 55,8km/h

Velocidade Media 11,5km/h

Tempo de pedal: 4:30hrs

Fotos: http://www.flickr.com/photos/58870121@N03/sets/72157625799547963/

Obrigado

Christian Ferreira

Publicado em Cicloturismo São Paulo | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

O Caminho da Fé – 1º dia

Olá Pessoal, tudo bom?

Decidi adiantar o caminho da fé e fui viajar dia 21/01 e iniciei as pedaladas dia 22/01 as 06hrs da manha! Porem no segundo dia tive uma pequena distenção muscular na coxa o que me impediu de terminar a viajem.

Acredito que um grande erro que cometi foi não alongar direito por causa da pressa, pois o pessoal da pousada atrasou para acordar e acabei ficando preso até as 07hrs e como ja tinha alongado para sair as 06hrs fiz apenas um leve aqueciemento pra ir embora logo…

1º dia – sai de São Paulo as 13:30 horas e cheguei as 17:45 horas em Águas da Prata (pra quem não sabe em águas da prata é “fabricado” a água da marca PRATA), logo atras da rodoviária fica a pousada do peregrino, la fiz minha credencial de peregrino e passei a noite. No mesmo dia fomos (eu e mais 2 peregrinos) jantar numa churracaria, o pequeno detalhe é que o pessoal da churrascaria buscou a gente pra jantar e depois deixou a gente na pousada tudo por R$11,00, inclusive muito boa a a comida!

2º dia e 1º de caminhada.

Esse dia foi apenas “sofrimento” nunca peguei tanta subida na minha vida!!! T trajeto começa com 14km até o Pico do Gavião esse pedaço é formado por 70% de subida, e sim, tem gaviões no caminho! após isso eu descobri que nem todas descidas são boas principalmente quando se tem uma bicleta e pedras no caminho!!! hehehe mas tudo bem fui devagarzinho pra não cair e cheguei em Andradas! Para entra em qualquer cidade tem uma bela descida e pra sair um pessima subida. Porem após Andradas vem a Serra dos Lima o qual pra entrar na cidade realmente você sobe a SERRA!!!!! o pior trecho dela não e tão grande deve ter um ou dois km… porem nunca vi nada tão ingreme, só subindo para sentir o esforço! Ao chegar no topo aprendi que o “pertim” de um mineiro realmente é longe! Iria parar para almoçar na Pousada da Dona Natalina e tive a informação de um senhor que estava “pertim” só 1,5km, porem andei 4km para chegar!!!!!

Almoçei, com R$10,00, uma bela comidinha caseira e mineira aproveitei para descansar um pouco e parti para Barra. Como dito anteriormente para sair da cidade um subida e para entrar em Barra um descida, a descida tinha trechos bons e outros com muitos buracos e pedras mas consegui descer praticamente tudo pedalando.

Entrando em Barras tive meu primeiro imprevisto a corrente estourou a sorte que estava a 50 metros da pousada, alias a “cidade” toda é formada por 3 ruas! na verdade é um triangulo com uma Igreja no meio!!! fiquei uns 30minutos aprendendo arrumar mas por fim consegui!! Apesar disso foi onde mais me diverti, fiquei horas andando a cavalo com o filho dos donos da Pousada e aprendi muito sobre cavalo com Jerry um “peregrino”, alias ele foi apenas passear com seus cavalos e iria voltar no dia seguinte.

Novamente jantei por apenas R$10,00 uma otima comidinha mineira!!!

Pessoal esse foi mei primeiro dia de pedalada .. amanha irei contar meu segundo e ultimo dia!!!! hehehe e postarei as fotos!!!

Obrigado

Christian Ferreira

Publicado em Caminho da Fé | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

Caminho da Fé – ultima semana

Olá Pessoal,

Chegamos na ultima semana antes da viagem….Finalmente férias e treino pesado!!!!

Hoje tinha planejado ir a Serra da Cantareira, mas fui enganado pelo tempo e acabei indo dar um volta no parque Villa lobos (2 horas pedalando).

Nessa semana buscarei andar de 4 a 6 horas por dia até sábado, domingo descanso (dia da viagem) e segunda inicio a pedalada!!!

A viagem durará 5 dias com as seguintes paradas.

1º dia – Iniciarei em Águas da Prata até Serra dos Lima (49km)

2º dia – Serra dos Lima até Borda da Mata (58km)

3º dia – Borda da Mata até Consolação (59km)

4º dia – Consolação até Campos do Jordão (84km)

5º dia – Campos do Jordão até Aparecida (72km)

TOTAL: 322km

Mapa: retirado do site http://www.caminhodafe.com.br)

Publicado em Caminho da Fé | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O Caminho da Fé

O Caminho da Fé (Brasil), inspirado no milenar Caminho de Santiago de Compostela (Espanha), foi criado para dar estrutura às pessoas que sempre fizeram peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida, oferecendo-lhes os necessários pontos de apoio.

A idéia da sua criação ocorreu após um dos organizadores percorrer por duas vezes o conhecido caminho espanhol. Imbuído do propósito de criar algo semelhante no Brasil, convidou alguns amigos aos quais expôs seus planos, tendo recebido pronta acolhida dos mesmos.
Assim, o trio composto por Almiro Grings, Clóvis Tavares de Lima e Iracema Tamashiro e no princípio ajudado por outros amigos voluntários dentre os quais, a Sra. Aparecida de Lourdes Dezena Cabrelon, deram início aos primeiros contatos com prefeituras e paróquias das cidades por onde passaria a trilha.

ASSOCIAÇÃO:

No dia 15/08/2003 foi criada a Associação dos Amigos do Caminho da Fé com sede na cidade de Águas da Prata/SP composta por um Conselho Deliberativo representado pelos prefeitos e uma Diretoria Executiva que presta serviços voluntários.

A ESCOLHA DOS NOMES:

O nome “Caminho da Fé”, para a trilha, bem como o nome “Pousada” que é dado aos locais de pernoite para os peregrinos, foram escolhidos em Assembléia.

ESCOLHA DO TRAJETO:

Com ajuda de um mapa e partindo de Águas da Prata, foi imaginado um caminho que chegasse até Aparecida privilegiando a rota mais lógica e que atendesse ao perfil peregrino, sem interferência política.

O Caminho da Fé foi inaugurado em 11.02.2003 na cidade de Águas da Prata/SP.
Dando continuidade, seu traçado poderá sempre ser alterado, visando agregar outras cidades.

São 497 km. dos quais aproximadamente 300 km. atravessando a Serra da Mantiqueira por estradas vicinais, trilhas, bosques e asfalto, proporcionando momentos de reflexão e fé, saúde física e psicológica e integração do homem com a natureza.

Seguindo sempre as setas amarelas, o peregrino vai reforçando sua fé observando a natureza privilegiada, superando as dificuldades do Caminho que é a síntese da própria vida. Aprende que o pouco que necessita cabe na mochila e vai despojando-se do supérfluo.
Exercitando a capacidade de ser humilde, compreenderá a simplicidade das pousadas e das refeições. Em cada parada, estará contribuindo para o desenvolvimento econômico e social das pequenas cidades e propiciando a integração cultural de seus habitantes com a dos peregrinos oriundos de todas as regiões do Brasil e  de diferentes partes do mundo.

FONTE:  http://www.caminhodafe.com.br/caminho.html

Publicado em Caminho da Fé | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Caminho da Fé – Minha Bicicleta

Boa tarde Pessoal.

Gostaria de agradecer aqueles que estão acompanhando minhas postagem, e pedir um favor a todos que se possível ajudem a divulgar o blog, teremos muitas novidades! Não apenas relacionado a ciclismo e sim a pratica de esportes!

Ontem (10/01/2011) praticamente finalizei minhas compras para a viagem. Desde acessórios para bicicleta quanto acessórios para o ciclista.

Para todos que não sabem possuo uma Caloi Supra (segue site para maiores detalhes http://www.caloi.com/bikes/supra) uma boa indicação para quem está começando a andar de bicicleta, porem para melhor desempenho a funcionalidade fiz algumas alterações e inserções de acessórios nela.

Itens Adicionados:

  • Bar End (B’twin)
  • Bagageiro
  • Pneus Hibridos
  • Fita antifuro
  • 2 Correntes (cadeado) B’twin – Na cidade uso um grande que da a volta bicicleta inteira (pesado), e na viagem usarei um simples (leve) apenas para caso de emergência.
  • 2 suportes de caramanhola – um coloco uma caramanhola de 500ml e no outro uma garrafa de 1,5l (na viagem levarei apenas a garrafa)
  • Bolsa de selim (uso normalmente para carregar celular, carteira e na viagem usarei para colocar a maquina fotográfica) em caso de chuva é uma ótima proteção.
  • Bolsa de quadro B’twin

Dentro da bolsa de quadro carrego:

  • Canivete de ferramenta B’twin
  • Canivete simples
  • Bomba de ar B’twin (simples)
  • Câmara Reserva B’twin
  • Kit de reparo (para furo de pneu)
  • Lanterna traseira e um farol dianteiro para chamar a atenção em caso de chuvas ou a noite.
  • 2 sacos plásticos (de supermercado)

No bagageiro amarrarei uma mochila com:

  • 1 ou 2 shorts para ciclismo  B’twin
  • 1 camiseta para ciclismo Adenosina
  • 1 camiseta sintética Kalenji
  • 1 camiseta de algodão (porem super leve)
  • 1 bermuda para caminhada kalenji (usarei para dormir)
  • 1 blusa de frio Kalenji (Não decidi se irei levar na viagem)
  • 2 pares de meia
  • 2 cuecas Kalenji para caminhada
  • 1 Kit de primeiro socorro
  • Oculos de ciclismo B’twin – com lentes transparentes e de sol
  • Maquina fotográfica
  • Pilhas e carregador de pilhas
  • Celular e carregador
  • Nécessaire – Escova de dente, pasta de Dente, lixa de unha, porta e limpador de lente de contato, protetor solar, perfume, 4 prendedores de roupa, shampoo e sabonete

E sempre uso um CAPACETE mtb Rockrider 8

Dois itens que ainda não comprei um Ciclocomputador e um extrator de corrente.

No corpo irei usando tenis, meia, cueca, calça jeans e uma camiseta de algodão.

Bom pessoal, acredito que listei tudo o que uso no dia-a-dia e o que levarei na viagem. Quando comecei a fazer a liste fui adicionando o preço junto, mas achei melhor tirar. Caso alguém tenha duvida de preço, marca, ou qualquer outra coisa, pode entrar em contato, por e-mail ( e.christianf@gmail.com), ou comentários.

Atualizarei esse post futuramente com mais fotos. Gostaria de lembrar que os acessorios escolhidos para essa viagem de cicloturismo é planejada justamente para a caminha da fé, onde o caminho é inteiro maracado com seta, pousadas, lugares para alimentação. Caso alguem queira fazer uma cicloviagem “sem rumo” sugiro olhar esse artigo de um amigo que fez uma ciclovigem na america do sul http://lrepolho.com/2010/11/03/o-que-eu-levo-nas-minhas-cicloviagens.

PRÓXIMO POST: será sobre o caminho que irei fazer, pousadas, um pouco sobre meus treinos.

Obrigado,

Christian Ferreira

Publicado em Caminho da Fé | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Caminho da Fé

Data marcada, falta apenas comprar a passagem. Dois meses planejando a viagem finalmente consegui separar 5 dias em janeiro para fazer (dia 23 a 28/01). Farei o caminho Original saindo de Aguas de Prata até Aparecida. Sairei de São Paulo no dia 23/01 (domingo) a tarde e iniciarei a viagem apenas dia 24. No momento tenho uma previsão das pausas que irei fazer para dormi e bicicleta equipada.

Nas próximas duas semanas farei um treino mais pesado, comprar equipados para mim ( para essa viagem será basicamente roupa e pouca roupa) comprar a passagem e FUI!…

Nesse tempo postarei a última parte do meu treinamento, ajuda e curiosidades para quem começar a andar de bicicleta ou aumentar seu rendimento e após a viagem contarei detalhadamente a aventura hehehehe.

http://www.caminhodafe.com.br – site

Aguarde novos posts!!!

Christian Ferreira

Publicado em Caminho da Fé | Marcado com , , , , , , , , , | 2 Comentários